Russos celebram aniversário de Stalin


Na data em que se comemoram 131 anos do nascimento de Stalin (21/12/2010), centenas de pessoas foram à Praça Vermelha para celebrar o aniversário do grande líder soviético.

Carregando bandeiras vermelhas com a foice e o martelo, os manifestantes denunciaram as tentativas do atual governo russo em difamar o herói soviético, as quais devem se intensificar com a nova campanha de "desestalinização" proposta por Medvedev, a se iniciar em janeiro de 2011.

Mas o líder do Partido Comunista, Gennady Zyuganov, se contrapõe: "Mais uma vez reafirmamos que a era de Stalin foi a mais produtiva, vitoriosa e única na história do nosso estado."

Sobre os últimos líderes russos, Zyuganov afirmou: "A estabilidade dos senhores Putin e Medvedev se baseiam sobre aquilo que Stalin e as autoridades soviéticas construíram. Eles próprios não fizeram nada em 10 anos."

Vladimir Markov, um médico que trabalhou no programa espacial soviético, declarou: "Eu cuspo na cara de qualquer um que me fale sobre 'desestalinização'. E completa: "Stalin foi o nosso átomo e o nosso universo. Stalin foi o nosso caminho às estrelas. Minha geração o tem em suas veias."

Para essa celebração foram encomendados 4 mil cravos, que foram depositados ao lado de um busto de Stalin, próximo ao seu túmulo.

Para este ato foram levantados 80 mil rublos, em uma campanha que tinha como slogan "Dois cravos para o camarada Stalin."



Fontes:
http://www.straitstimes.com/BreakingNews/World/Story/STIStory_616170.html
http://in.reuters.com/article/idINTRE6BK3SW20101221

0 comentários: