O suposto fracasso do socialismo em Cuba - respostas de um cubano a um traidor


O trecho abaixo fala sobre o suposto "fracasso" do socialismo em Cuba, e é parte de um texto de um cubano  escrito em resposta a um contra-revolucionário radicado em Miami. Você pode ler o texto completo, em espanhol, clicando aqui.

"Se mais de 52 anos de bloqueio, com perdas de mais de 1 trilhão de dólares, não foram capazes de evitar que neste país as pessoas tenham uma expectativa de vida próxima aos 80 anos, que a mortalidade infantil seja de 3 a cada mil crianças nascidas vivas, que todos tenham acesso a saúde e educação, que os níveis de alimentação quanto a proteínas, lipídios e carboidratos estejam acima dos níveis exigidos pela FAO, que não haja crianças sem sapatos, nem esfarrapadas, que todos sem exceção são escolarizados, que a cobertura de energia elétrica e água potável alcance 98% da população, que a distribuição  de renda seja a mais equitativa do mundo, não sei como você pode provar que o socialismo não funciona.

Sem contar que ainda não mencionei os baixos índices de prostituição, drogas e a existência de crime organizado. [...] Se Cuba não tivesse o jugo do bloqueio, que nos afeta em todos os aspectos da vida cotidiana, e que provoca os desabastecimentos que você menciona, outro galo cantaria.

E repito o que sempre lhe digo mas que você nunca responde: por que os ianques se empenham tanto em manter o bloqueio? Se o bloqueio é um pretexto para manter Cuba socialista, e pura propaganda socialista, por que não o retiram? Você sabe por que não o fazem, porque então nada poderia evitar o crescimento econômico acelerado de Cuba e seu desenvolvimento."

0 comentários: