Lenin e a revolução mundial


O trecho abaixo são considerações de Lenin a Clara Zetkin sobre a revolução mundial, registradas no livro "Reminiscências de Lenin", de Zetkin. 

[...]
Considerada num todo, as decisões de nosso Terceiro Congresso* são muito satisfatórias. Elas tem uma importância histórica de longo alcance e realmente marcam um "ponto de virada" na Internacional Comunista. Elas indicam o fim do primeiro período de seu desenvolvimento em direção aos partidos de massa. É por isso que o Congresso tinha que fazer uma limpeza das ilusões "de esquerda" de que a revolução mundial continuará com sua velocidade relâmpago inicial, de que devemos ser impulsionados por uma segunda onda revolucionária e que isso depende apenas do partido e de suas ações para nos levar à vitória. Claro, é fácil "fazer" a revolução como um "ato glorioso do partido sozinho", sem as massas, no papel e no hall de um congresso, em uma atmosfera livre das condições objetivas. Mas essa não é uma concepção revolucionária, mas uma concepção completamente filistina. A "estupidez de esquerda" teve sua mais clara expressão na "Ação de março" e na "Teoria da ofensiva" alemãs.[...]


* Terceiro Congresso da Internacional Comunista.

Tradução de O Marxista-Leninista

0 comentários: