Qualidade de vida no socialismo era melhor que no capitalismo, revelou estudo

Estudo realizado em 1986 concluiu que as pessoas que vivem no socialismo têm mais saúde, educação e bem estar físico do que aquelas que vivem em países capitalistas de desenvolvimento econômico semelhante. 

Os países socialistas tiveram melhor desempenho em praticamente todas as áreas analisadas de acordo com o estudo dos professores Howard Waitzkin, professor de medicina e de ciências sociais da UCI, e Shirley Cereseto, professora emérita de sociologia da Cal State Long Beach. A pesquisa investigou taxas de mortalidade infantil, expectativa de vida, disponibilidade de médicos e enfermeiros, nutrição, analfabetismo e outros fatores educacionais. 

O estudo não incluiu os EUA ou outros países capitalistas de maior porte econômico pois não havia equivalentes no bloco socialista para comparar. Um cruzamento de dados entre Cuba e os EUA, por exemplo, seria equivocado pois os cubanos não possuem disponíveis os mesmos recursos econômicos que os americanos para aplicar em políticas públicas. Quando a comparação foi realizada em países de mesmo porte, no entanto, a disparidade entre socialismo e capitalismo ficou evidente.

O estudo foi originalmente publicado no American Journal of Public Health e você pode ler a matéria completa uma reportagem (em inglês) sobre o assunto no Los Angeles Times:


0 comentários: