A paz com justiça social é possível, lutemos por ela, Nº 24.

Em 07 de julho de 2011, as FARC atacaram em forma simultânea seis municípios, no Departamento (estado) do Valle del Cauca. A ação militar surpreendeu a todo o mundo. A imprensa estava dedicada a anunciar a iminente caída do Comandante das FARC, Alfonso Cano. Vários Ministros do governo e Generais já tinham afirmado que essa Organização guerrilheira estava derrotada.

Como, então, realiza tamanha operação militar em seis municípios no mesmo dia? Há uma explicação, só: O Presidente, os Ministros e Generais da República mentem ao país e ao mundo.

A ação realizada demonstra que a guerrilha tem capacidade operativa para agir em um dos departamentos mais militarizados do país, sem que as Forças Armadas possam neutralizá-la.

O movimento insurgente não está derrotado. Os golpes sofridos são de inteligência, pois onde descobrem que há um Comandante Guerrilheiro, de imediato concentram forças em número excessivo para atacar, como ocorreu com Jorge Briceño, em 22 de setembro de 2010. Militarmente é vergonhoso, até, que para atacar um guerrilheiro tenham que dispor de 30 aviões de guerra, 27 helicópteros e 6 mil homens.

O governo não pode, de jeito nenhum, conter o avanço militar da guerrilha. No seu desespero, então, ataca a população. Que culpa tem um morador se um guerrilheiro, que pelas circunstâncias, necessita em um momento dado disparar desde sua casa contra um objetivo militar? E o mais grave é que o Presidente anunciou que mandaria bombardear as casas desde as quais fossem atacados seus esbirros. Isso nos lembra como entre 1948 e 1957 durante os governos de Ospina Pérez, Laureano Gómez e Gustavo Rojas Pinilla as casas de milhares de famílias liberais foram incendiadas. Por esse crime de lesa humanidade ninguem respondeu.

Uma notícia muito positiva que gostaríamos de destacar de forma antecipada é o anúncio da ex-senadora Piedad Córdoba sobre a possível libertação unilateral de prisioneiros de guerra em poder das FARC. É possível que essa Organização guerrilheira demonstre, mais uma vez, sua vontade política de buscar mediante o diálogo a solução política do conflito social e armado. Segundo ela, no dia 03 de agosto conheceremos os detalhes.

Com a paz com justiça social, todos ganhamos, com a guerra do governo contra o povo, todos perdemos!

A seguir, os resultados dos combates entre as FARC e as forças repressivas do governo, segundo a imprensa nacional e internacional, do 06 a 14 de julho de 2011.

06/07: Em ataque das FARC contra uma patrulha do Exército na zona rural de Argelia, Cauca, morre 1 militar e mais 3 ficam gravemente feridos.
http://www.rcnradio.com

06/07 : FARC ataca com explosivos uma patrulha do Exército em Jambaló, Cauca.
http://www.rcnradio.com

08/07 : Ataque com explosivos das FARC perto de Argelia, Cauca: vários policiais feridos.
http://www.rcnradio.com

09/07 : FARC destroça a estação da Polícia em Toribío, Cauca. Vários agentes do regime ficam feridos e mortos.
http://www.cronica.com.mx

10/07 : Ao menos 20 presos, vários deles guerrilheiros das FARC, fogem do cárcere de Tumaco, Nariño.
http://www.elheraldo.co

10/07 : Santos afirma que as forças do regime têm encurralado o Comandante Alfonso Cano: as FARC respondem mediante ação militar em Corinto, Caldono, Jambaló, Siberia e Mondomo, todos no estado do Cauca.
http://www.elheraldo.co

11/07 : Ataque das FARC em Suárez, Cauca: 2 policiais mortos.
http://www.elheraldo.co

12/07 : Guerrilheiros das FARC eliminam 2 policiais em Apartadó, Antioquia.
http://noticias.terra.com.ar

13/07: Continuam os ataques das FARC contra a Polícia em Toribío, Cauca.
http://www.eltiempo.com

13/07 : Militares caem em campo minado das FARC perto de Fortul, Arauca: 7 uniformados feridos.
http://www.efe.com

14/07 : FARC destrói 2 torres de energia no Catatumbo.
http://www.cronica.com.mx

Por Juan Leonel Pérez

Fonte: ANNCOL

0 comentários: