Trecho suprimido da entrevista de Stalin a Emil Ludwig, de 1931

De acordo com uma nota de rodapé no livro The Cult of Ivan the Terrible in Stalin's Russia (p. 205), a famosa entrevista de Stalin a Emil Ludwig, primeiramente publicada no jornal do Partido Bolchevique em abril de 1932, teve alguns trechos originalmente não publicados que só foram revelados em 1998.

Segundo o historiador Grover Furr, que obteve acesso ao artigo em russo, este trecho perdido da entrevista pode ser resumido da seguinte forma:

"No meio da entrevista Stalin pergunta a Ludwig se ele receberá qualquer pagamento independentemente do resultado da entrevista. Ludwig responde que sim.

Então Stalin diz que gostaria de pedir um favor a Ludwig, mas somente se ele prometer não contar a ninguém sobre isso. Ludwing concorda.

Stalin então lhe pergunta se ele poderia fazer uma doação para os filhos dos trabalhadores alemães desempregados (Ludwig era da Alemanha). Stalin diz que isso era meramente pessoal, e que ele não queria ter seu nome associado com isso de maneira alguma.

Ludwing concordou em enviar 1000 marcos ao fundo. Então ele pergunta a Stalin por que ele não queria que isso ficasse conhecido, já que tantas pessoas imaginavam ele como um monstro, etc. Stalin diz então que era conveniente que os capitalistas pensassem nele daquela forma, mas que ele não queria que seu pedido fosse divulgado.

A entrevista então continua.

Stalin enviou o texto da entrevista ao Politburo, que fez diferentes sugestões. Mas Stalin decidiu simplesmente omitir este trecho da entrevista."

Fonte: Stalinist

1 comentários:

  gabriel

1 de agosto de 2011 00:24

Josef Stalin foi o maior líder que o proletariado internacional já conheceu.

É um clichê.. sim, é, mas, diria o velho Goethe: "Faz o que for justo. O resto virá por si só". Lembremos Stalin e continuemos dia-a-dia, timidamente, sufocando as mentiras contadas pela burguesia há mais de 70 anos.

Em um alvorecer qualquer as derrotaremos... um dia o povo será livre e feliz!

Abraço, camarada.

Desde Santa Maria, RS,

Gabriel.